segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Falando em tsuru...

Boa noite! :)
São duas coisas que só se unem no post porque... são tsurus!
A primeira imagem é de um tsuru diferente do padrão que uma colega fez, e eu tomei posse dele pra aprender, claro. rs A diferença é mínima, tanto visualmente quanto nas dobras, mas eu acho ele bem mais bonitinho. Fica mais imponente, mais gordinho, e mais fácil de ficar em pé.

O dela ao centro, à direita o meu, à esquerda o tradicional
(e o fundo da foto improvisado xD)


Já esses outros tsurus tem um valor muito especial. Durante esse semestre fiz um trabalho com crianças na CAASAH (Casa de Apoio e Assistência ao Portador do Vírus HIV/AIDS), e foi incrível. O trabalho deles é muito bom, todo o cuidado e a relação que tem com as crianças, a preocupação em melhorar a vida delas de todas as formas qeu for possível. Eu saía da faculdade desesperada de tanta coisa pra fazer, sabia que teria que passar mais uma tarde lá e isso só me deixava feliz, porque aqueles meninos são um AMOR! Cativam facinho qualquer um. E com isso me ensinaram a ver a criança que existe acima de um diagnóstico soropositivo.
Uma tarde dessas eu e uma amiga estávamos conversando com as crianças, quando ela resolveu ensinar o tsuru a elas. Para nossa surpresa todos já conheciam, porque um menino de lá adora origami, tem vários livros, e já tinha ensinado a alguns.

O resultado tá aí. Detalhe para o menor, que bate as asas.
O que não é tsuru foi presente de uma menina: "Toma tia, fiz pra você".
E eu ia rejeitar?


Evento do Dia Mundial de Luta Contra a AIDS
A frase explana o ideal da CAASAH


Quem é de Salvador ou estiver de passagem e quiser visitar, ajudar, conhecer, a CAASAH é bastante aberta a tudo isso. Se quiser conhecer mais, entra no site. Vale muito a pena.

2 comentários:

Atelie Da Lagartixa disse... [Responder comentário]

Parabéns pelo trabalho!!! iremos fazer um encontro de origamistas aqui em Salvador, assim que combinarmos eu te aviso, se conhecer mais pessoas será ótimo!
Felicidades!!!

Docinho disse... [Responder comentário]

Isso que é solidariedade. Tenho que confessar que apesar de parabenizar trabalhos assim, nunca fiz um (sem valer como estágio ou algo do tipo). #vergonha

Postar um comentário

Pode falar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...